A Escola Nacional de Saúde Pública da Universidade Nova de Lisboa (ENSP/UNL) organiza, no dia 14 de março, com o apoio da biofarmacêutica AbbVie, a conferência “Hepatite C, pensar o futuro”.

A iniciativa, com início marcado para as 10 horas no pequeno auditório da Reitoria da Universidade Nova de Lisboa, conta com a presença de inúmeros especialistas, nacionais e internacionais e visa promover a reflexão em torno do futuro da prevenção, diagnóstico e tratamento da hepatite C. Adicionalmente, pretende-se ainda avaliar a necessidade de implementar medidas que permitam cumprir o objetivo da Organização Mundial da Saúde para 2030: a eliminação da infeção pelo vírus da hepatite C a nível global.

Path to Zero: uma nova abordagem na eliminação da hepatite C

O primeiro painel conta com uma abordagem ao projeto internacional Path to Zero, liderado pelo jornal The Economist, o qual reconheceu personalidades de todo o mundo pelo seu importante papel enquanto influenciadores nas várias dimensões afetas à hepatite C.

Martin Koehring, editor senior e líder editorial global para a Saúde do The Economist Intelligence Unit, faz a apresentação deste projeto, no qual Portugal mereceu destaque através do reconhecimento de duas personalidades nacionais, numa listagem de 18 influenciadores a nível global no âmbito da hepatite C: o deputado Ricardo Baptista Leite, que integra também o painel final de grandes influenciadores constituído por apenas seisHonourees deste projeto, e Luís Mendão, Presidente do Grupo Ativistas em Tratamentos (GAT).

Desenho do Futuro: Portugal sem VHC

Segue-se a apresentação do estudo “Desenho do futuro: Portugal sem VHC”, um trabalho de investigação desenvolvido em 2015 pela Escola Nacional de Saúde Pública, em colaboração com um grupo de peritos nacionais, que aponta possíveis orientações no caminho da eliminação da infeção pelo vírus da hepatite C.

O estudo é apresentado por Rute Simões Ribeiro, investigadora da ENSP/UNL, ao que se segue uma discussão sobre o futuro da hepatite C em Portugal, que conta com a participação de Henrique Luz Rodrigues, presidente do INFARMED, Isabel Aldir, diretora do Programa Nacional para as Hepatites Víricas, e de Rui Tato Marinho, hepatologista no Hospital de Santa Maria.

Para mais informações e inscrição na conferência portugalsemvhc.com